Yosemite – Tudo que precisa saber para visitar

capa-yosemite ESTILO DE VIAGEM

Yosemite é um dos parques nacionais mais visitados dos Estados Unidos e é fácil entender o porquê. Com paisagens exuberantes que incluem cachoeiras, lagos cristalinos, sequoias gigantes e picos nevados, Yosemite é um destino imperdível e o Estilo de Viagem preparou um guia completo.

Como chegar ao Yosemite National Park

A distância de São Francisco a Yosemite varia a depender da entrada do Parque a ser utilizada: são quatro, três do lado oeste e uma, mais remota, ao leste. E qual a melhor? Depende de onde escolher se hospedar ou de onde estiver vindo. No mais, é usar o GPS. No entanto, atente-se para o fato de que não há sinal de celular no Parque, então, faça o download dos mapas no modo off-line.

Nossa experiência é com a entrada mais ao Sul, Mariposa Grove, próxima à comunidade de Fish Camp, acessada pela Highway 41. Saindo de São Francisco, são cerca de 350 km. Antes de chegar ao Parque, a última cidade por essa rota é Oakhurst, um bom lugar para se abastecer de snacks antes de seguir viagem.

As demais entradas são El Portal, pela Highway 140 e, Big Flat Oak e Lee Vining pela Highway 120 (lados oeste e leste, respectivamente).

Considerando que é possível ver muita coisa de carro dentro do Parque, a melhor opção é realmente alugar um e dirigir até lá. Mas também é possível ir de trem e ônibus, e há um shuttle interno gratuito em Yosemite Valley com paradas próximas aos principais locais de acomodação, lojas, vistas e início de trilhas.

yosemite-parque reflexo

De ônibus, é possível chegar a Yosemite Valley de várias cidades da Califórnia e mesmo do restante dos Estados Unidos por intermédio da Greyhound, que leva até Merced, a pouco mais de 100 km do Parque. A última parada no trem da Amtrak também é Merced.

De lá, é necessário ir com o Yarts (Yosemite Area Regional Transportation System) até Yosemite Valley ($13). Em Julho e Agosto, também é possível ir com o Yarts até Crane Flat, White Wolf e Tuolumne Meadows diariamente, e em Junho e Setembro, nos finais de semana.

O que esperar de Yosemite

Aqueles que não sabem muita coisa sobre Yosemite devem estar se perguntando se vale a pena sair de uma grande metrópole como São Francisco e dirigir por 4 horas só para ficar no meio do nada sem telefone. E a resposta é sim. Não só o lugar é espetacular, como consegue agradar a todo tipo de viajante.

yosemite-half dome - estilo de viagem
O famoso Half Dome.

O apelo ao público que gosta de acampar e fazer trilhas é óbvio e o Parque oferece boa infraestrutura e várias opções. Mas Yosemite também agrada aos visitantes que querem aproveitar as vistas magníficas e ainda dormir em um quarto luxuoso no fim do dia, uma vez que disponibiliza bons hotéis.

Além disso, várias áreas do parque são acessíveis por carro, o que possibilita que pessoas com dificuldade de locomoção ou sem muito preparo físico consigam aproveitá-lo também. Há estacionamentos estratégicos para parar o carro e apreciar a paisagem sem preocupação. Assim, não importa seu estilo de viagem, se rústico ou luxo, Yosemite consegue agradar a todos.

Quanto tempo ficar em Yosemite

Considerando que a área do Parque tem mais de três mil quilômetros quadrados e oferece muitas opções de lazer (há hotéis que disponibilizam tours em bicicletas, passeios a cavalo, arco e flecha, pesca, rafting, esportes aquáticos, escalada e outros), é possível passar vários dias sem repetir sequer uma atividade.

yosemite-parque

Mas, como férias nunca são ilimitadas, dá para condensar uma visita em dois dias, o mínimo para se ter uma noção do que é o Parque, e, ainda assim, fazendo a maior parte do roteiro de carro. Um dia dedicado a Yosemite Valley e suas trilhas, e outro para ir até Glacier Point, com direito a trilhas até Sentinel Dome e Taft Point.

Quando visitar

Yosemite é aberto todos os dias do ano, 24h por dia. A taxa de entrada é de $30, vale para o carro inteiro e durante sete dias.

O verão oferece as temperaturas mais altas, propício para acampar. No entanto, milhares de visitantes invadem os parques, há trânsito nas vias de acesso e Yosemite Valley passa a lembrar mais a Disney do que um parque nacional.

yosemite park
yosemite park

Na primavera e outono, o parque fica mais vazio e as temperaturas são amenas, mas, dependendo da época, pode fazer muito frio e já no final de outubro algumas estradas começam a ser fechadas em razão da neve, só reabrindo em meados de maio ou junho.

O inverno impossibilita algumas atividades, mas oferece outras, bem distintas daquelas do verão, mas igualmente divertidas, como passeios em trenós, ski e snowboard.

Onde se Hospedar

É possível se hospedar dentro do Parque ou em suas imediações. As acomodações dentro do Parque tiveram a nomenclatura alterada recentemente em razão de disputa judicial com a antiga concessionária sobre os direitos de uso dos nomes. Por isso, vamos disponibilizar os novos nomes juntamente com os antigos, caso encontre referência a eles em algum lugar.

Também é possível ficar em hotéis e pousadas nas cidades próximas a Yosemite. Considere, no entanto, as distâncias: da entrada em Mariposa Grove até Yosemite Valley demora cerca de uma hora, sem trânsito, e até Glacier Point cerca do mesmo. Ainda que se hospede a uma hora do Parque, serão duas horas dirigindo só para chegar às atrações principais. Avalie o custo benefício entre os preços das acomodações e o tempo que será gasto no carro todos os dias.

Acampamento

Há 13 áreas de acampamento em Yosemite e 7 delas exigem reserva com antecedência. Para reservar, visite aqui.

Alojamento

Half Dome Village (antiga Curry Village)

Half Dome Village oferece várias opções de alojamento. São 46 cabines com banheiro privado e 14 com banheiro compartilhado, 403 tendas de tecido (algumas oferecem aquecimento) e 18 quartos.

Yosemite Valley Lodge (antigo Yosemite Lodge at the Falls)

São 241 quartos com diferentes opções de camas. Bom para famílias e grupos grandes. O alojamento é rústico, mas oferece conforto. Reserve com bastante antecedência no verão.

Big Trees Lodge (antigo Wawona Hotel)

O alojamento, em estilo vitoriano, fica próximo à Mariposa Grove, a área de Yosemite onde estão as grandes sequoias. No entanto, a área está fechada até meados de 2017, para restauração. O Big Trees Lodge fica na área sul do Parque.

The Majestic Yosemite Hotel (antigo The Ahwahnee Hotel)
O mais luxuoso (e caro). Alguns quartos têm varandas com vistas para cachoeiras e picos. Está passando por reformas mas deve retomar as atividades até o final de 2016.

Tenaya Lodge
Tecnicamente não está dentro do Parque porque fica em Fish Camp, mas está a menos de 5km da entrada em Mariposa Grove, ao sul. É uma alternativa ao The Majestic, com preços melhores e muito luxo. Também são disponibilizadas inúmeras atividades ao ar livre, spa, fitness center, sala de jogos, 3 piscinas e 5 opções de restaurantes.

As Trilhas de Yosemite

Como mencionado, é possível ver muita coisa sem sair do carro. Mas, é claro que para aqueles que se dispõem a fazer um esforço um pouco maior, a recompensa é grande.

yosemite-trilhas

Yosemite oferece inúmeras trilhas, algumas fáceis, outras bastante difíceis e que requerem autorização especial com antecedência (como, por exemplo, a escalada até o topo de Half Dome) ou muito longas, chegando a 25 km. Aqui nós vamos dar o passo-a-passo das trilhas fáceis e moderadas, que a maioria das pessoas consegue fazer.

Trilhas Fáceis na área de Yosemite Valley

Bridalvail Fall: 0.8 km ida e volta; 20 minutos.

Há um estacionamento designando o início dessa trilha (você verá facilmente a placa indicando), que é toda pavimentada. Mais fácil, impossível. A cachoeira é linda e tem água o ano todo, diferentemente das demais cachoeiras de Yosemite que podem secar no outono.

Lower Yosemite Fall: 1.7 km (trilha em loop); 30 minutos.

Comece no estacionamento Lower Yosemite Fall Trailhead (parada nº 6 do shuttle). É uma caminhada curta e fácil, mas possibilita vistas espetaculares das cachoeiras Upper and Lower Yosemite Falls. No final no verão, no entanto, elas podem ter secado, então informe-se antes.

yosemite-trilha

Cook’s Meadow Loop: 1.6 km; 30 minutos.
Comece nas paradas nº 5 ou 9 do shuttle. Também é uma trilha fácil, e é possível ver de longe Half Dome, Glacier Point e Royal Arches.

Mirror Lake: 3.2 km ao redor do lago; 1 hour
Mirror Lake é simplesmente espetacular, um verdadeiro espelho natural. Infelizmente, no final do verão e outono, a menos que haja muita chuva (o que é incomum), o Lago fica seco.

yosemite-mirror lake
Os reflexos de Mirror Lake.

Trilhas Fáceis e Moderadas na área de Glacier Point

Glacier Point: 300m; 5 minutos.

Não sei se conta como uma trilha, mas vamos lá. Siga até o estacionamento de Glacier Point (bem amplo, mas concorrido). O caminho até Glacier Point é pavimentado e acessível a cadeiras de rodas. Lá de cima é possível ver Yosemite Valley e ao leste Half Dome e a High Sierra.

Taft Point e Fissuras: 3.5 km ida e volta; 2 horas e 60m de elevação

Há um pequeno estacionamento marcando o início dessa trilha, na estrada para Glacier Point. A placa no estacionamento indica Sentinel Dome/Taft Point porque a trilha se bifurca em duas: para a esquerda, chega-se a Taft Point e, para a direita, Sentinel Dome. O Taft Point em si é marcado por uma proteção à beira do penhasco. De lá, vê-se Yosemite Valley, El Capitan e Yosemite Falls. Próximo a Taft Point estão as Fissuras, que são fraturas no granito.

Sentinel Dome: 2.9 km ida e volta; 2 horas e 125m de elevação.

O início é idêntico ao descrito em Taft Point, mas, na bifurcação, segue-se para a direita. Siga a trilha até a base de Sentinel Dome. O lado nordeste oferece o melhor grau de inclinação até o topo. De lá, é possível ter uma vista em 360° de Yosemite e todo seu esplendor. A trilha é moderada, e a parte final apresenta maior dificuldade até o topo do Dome.

yosemite-sentinel dome
Vista do Sentinel Dome.

Dicas Gerais

Vá cedo

Considerando que o parque não fecha, é possível ver o sol nascendo em Yosemite (se você estiver disposto a acordar tão cedo). A vantagem é que terá o parque só para você. Mas, ainda que não madrugue, tente começar o dia antes das dez para evitar trânsito e achar vaga nos estacionamentos, especialmente no verão.

yosemite river sun

Use roupas confortáveis e em camadas, além de calçados apropriados

A temperatura pode variar bastante dentro do Parque dependendo do local e da altitude em que estiver, a qual varia de 648m até 3.997m. Portanto, o ideal é usar várias camadas que podem ser ajustadas para conferir maior conforto durante as visitas.

Em relação aos calçados, depende do tipo de visita que pretende fazer. Se optar pelas trilhas com cachoeiras, a recomendação é que sejam usadas botas para trilhas com boa tração, pois as pedras ficam muito escorregadias causando acidentes e lesões que podem acabar com o passeio.

Leve bastante água e lanches para o dia

Especialmente no verão, fique atento à quantidade de água ingerida durante as trilhas para não se desidratar. Também não se esqueça de levar lanches, como frutas e castanhas e guarde o lixo (inclusive sementes de frutas) para ser jogado em locais adequados.

Aproveite o pôr do sol

Programe-se para ver o pôr do Sol em um local que proporcione boas vistas. Duas opções são Glacier Point e Tunnel View: o sol transforma Half Dome e lhe confere um tom alaranjado inacreditável.

yosemite-tunnel view
Pôr do sol em Tunnel View.

Não deixe comida exposta no carro

Na verdade, isso não é uma dica. É obrigatório, sob pena de multa. Isso porque há animais selvagens na área, inclusive ursos, e toda comida deve ser mantida trancada e fora do campo de visão. Assim, deixe o lanche do dia dentro de bolsa e trancado no carro, ou no porta malas. Também é proibido armazenar comida fora dos locais designados durante a noite.

O que fazer se você ver um urso em Yosemite

Sim, há ursos em Yosemite, mas a possibilidade de encontrá-los é remota, uma vez que eles naturalmente evitam pessoas. Mas, é sempre bom ir preparado, caso você tenha o privilégio de encontrar um em sua visita.

Segundo o Serviço de Parques Nacionais (NPS é a sigla em Inglês), a primeira coisa a fazer é não se aproximar. Se estiver numa zona desenvolvida, como áreas de acampamento, estacionamentos ou alojamentos, tente espantá-lo: faça muito barulho, grite alto e, se estiver com outras pessoas, fiquem próximos uns dos outros para que ele se intimide (sem cercá-lo, no entanto). Atenção: spray de pimenta e outros do tipo não são permitidos em Yosemite.

Em áreas mais remotas do Parque, mantenha a maior distância possível. Ainda que ele não pareça representar uma ameaça, os ursos em Yosemite são animais selvagens, e o objetivo é mantê-los assim. A aproximação a humanos pode acostumá-los à nossa presença: eles perdem o medo e podem tornar-se mais agressivos, e, muitas vezes, têm que ser sacrificados.

yosemite-cachoeira

Se quiser ver mais fotos, dá um pulo lá no nosso insta!

Escrito por
More from Estilo de Viagem

Outlet em Londres – Bicester Village

Esse outlet faz parte da rede Chic Outlet Shopping na Europa. De Londres,...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *