O MELHOR DE PARIS

 

Qui contemple les profondeurs de Paris est saisi de vertige. Rien n’est plus fantastique. Rien n’est plus tragique. Rien n’est plus sublime. 

Paris… Nenhuma outra cidade parece conseguir nos inspirar tanto. Romantismo, moda, arte, beleza, gastronomia… Nada escapa a ela. Não é à toa que conhecer Paris seja o sonho de tantas pessoas. Essa diversidade de encantos, porém, pode acabar deixando o viajante meio perdido, que, na tentativa de fazer tudo, acaba perdendo a oportunidade de realmente curtir o que a cidade tem a oferecer.

É possível passar-se uma vida inteira em Paris e a cada dia se surpreender com algo. Portanto, a primeira coisa a se ter em mente é que Paris não foi feita para quatro ou cinco dias. Ela será parte de você por toda a vida, como disse Hemingway, e merece ser apreciada com carinho.

Parte do que torna uma viagem realmente memorável é conseguir reconhecer que não basta ela ser possível, mas que deve ser também prazerosa.

Como é impossível fazer tudo de uma vez, aqui vão algumas das melhores atividades que cidade-luz tem a oferecer.

Torre Eiffel

TORRE EIFFEL ESTILO DE VIAGEM

Impossível pensar em Paris e não visualizar a Torre Eiffel imediatamente. É o monumento pago mais visitado do mundo: sete milhões de pessoas por ano.

São duas opções de ingresso: até o segundo andar, por 11€, ou até o terceiro andar, por 17€, no topo. Se não se planejar com antecedência, terá que pegar duas filas gigantescas: uma para comprar o ingresso, e outra para o elevador.

É possível, no entanto, comprar os ingressos com hora marcada pelo site. Se por um lado você perde a oportunidade de ajustar sua visita (por exemplo, em caso de chuva), por outro você economiza preciosas horas (sim, várias).

Veja aqui o passo a passo para comprar seu ingresso com antecedência.

Arco do Triunfo

ARCO DO TRIUNFO ESTILO DE VIAGEM

O Arco do Triunfo é o centro da Place de l’Étoile (estrela em francês) de onde irradiam doze avenidas, entre elas a Champs-Élysées. É possível subir ao topo e ter umas das melhores vistas da cidade. Tenha em mente que não há elevador, então se prepare para muitos degraus. Como fica aberto até mais tarde, é ideal pra visitar no fim do dia e admirar o pôr do sol.

O Louvre

MUSEU LOUVRE ESTILO DE VIAGEM

Um dos maiores e mais impressionantes museus do mundo, o Louvre não poderia ficar de fora. Para a visita, separe ao menos metade de um dia (preferencialmente o dia todo). O legal (e que nem todo mundo sabe) é que o ingresso vale pelo dia todo, com múltiplas entradas. Então, se quiser passar pela manhã pra evitar as multidões, sair pra um almoço e voltar à tarde é possível.

Para dicas de como visitar o Louvre, leia aqui.

Musee d’Orsay

MUSEU DORSAY

Localizado na margem esquerda do Rio Sena, o Museu situa-se numa antiga (e linda) estação de trem, construída entre 1898 e 1900. O museu possui a maior coleção impressionista e pós-impressionista do mundo, incluindo obras de Monet, Manet, Degas, Renoir, Cézanne, Seurat, Sisley, Gauguin and Van Gogh.

Museu de l’Orangerie

Embora pequeno, oferece uma boa coleção impressionista e pós-impressionista, e oito dos famosos murais de Monet. O ingresso sai mais barato quando comprado junto com o d’Orsay, e dá pra visitar os dois em um dia.

Hotel de Ville

PARIS HOTEL DE VILLE ESTILO DE VIAGEM

Impossível não se deparar com o Hotel de Ville num passeio às margens do Sena. Aprecie sua grandiosidade e, se estiver visitando no inverno, aproveite o rinque de patinação que é montado em frente.

Catedral de Notre Dame

Chegue cedo para evitar as filas. É possível subir pela torre e apreciar vistas fantásticas da cidade ao lado das famosas gárgulas.

Sacre-Coeur

SACRE COEUR PARIS

A Igreja de Sacre-Coeur oferece uma das melhores vistas da cidade, a 130 metros de altura. Não perca a oportunidade de visitar também o bairro no qual se situa, Montmartre. A entrada à igreja é gratuita.

Montmartre

MONTMARTRE PARIS

Pra quem quer um souvenir de Paris, esse é o local: há várias lojinhas com preços bem abaixo do restante da cidade. Aproveite para passear pela Praça do Tetre e ver os artistas trabalhando ou sentar em um dos cafés.

O verbo francês flâner

PARIS FLANER

Flâner, em francês, significa mais ou menos caminhar sem objetivo, sem rumo, pelo prazer de observar as coisas ao seu redor. Quando em Paris, faça como os parisienses e se perca pela cidade. Caminhe ao longo do Sena, descubra o que cada arrondissement tem a oferecer.

Visita ao Palácio de Versailles

VERSAILLES PARIS

Tecnicamente, Versailles não está em Paris, mas diante da sua significância ele entrou na lista. A menos que seja uma visita super curta, vale a pena separar um dia para visitar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *